Vai por aqui um histerismo do fim do mundo incrível

Vive-se um histerismo do fim do mundo incrível nas redes sociais. Têm dias que eu mesma já fico na dúvida se venho do outro mundo ou não.

Vive-se um histerismo do fim do mundo incrível nas redes sociais, têm dias que eu mesma já fico na dúvida se venho do outro mundo ou não.

Um povo tão instruído entra na loucura total quando lhes é pedido para ficar mais por casa. Nunca se viveu algo igual. Ui, Então? O que é feito do estudo que se fez a nível de história?

Exatamente, maioria que usa redes sociais, passou pelo 6º ano ao 9º ano de escolaridade. Por lá se falou da primeira grande guerra mundial e da gripe espanhola depois com o tempo aprofundamos os conhecimentos na história de Portugal.

Chegando há história de Portugal descreveu-se a peste branca, a tuberculose, que ainda foi há dias que os nossos avós nos contavam o quanto difícil foi para Portugal.

Os nossos avós sobreviveram, tiveram calma, resiliência e uma família linda pela frente para nos contarem as suas vivências e as vivências dos nossos bisavós, etc.

Histerismo em redes sociais para quê?

Será que os anos de história na escola não nos ensinaram nada? Ou por outro lado nos ensinaram que sempre lutamos para chegarmos mais além?

Assim, em vez de espalhar o histerismo nas redes sociais, que tal espalharmos os factos históricos para refrescar a memória?

*Dados retirados de repositórios de faculdades de Medicina.

Leia + artigos de opinião aqui.