Coisas da Vida 0 comments on Qual é a forma mais económica de viajar através do aeroporto de Lisboa?

Qual é a forma mais económica de viajar através do aeroporto de Lisboa?

De seguida vou-te dar os conselhos que adoraria ter recebido de qual é a forma mais económica de viajar através do aeroporto de Lisboa e também confortável.

Inicialmente vou-te fazer um pequeno resumo da localização do Aeroporto de Lisboa e da sua estrutura.

O Aeroporto de Lisboa fica localizado no centro da cidade. O que é ótimo por um lado, dado que existem muitas formas de acesso ao mesmo, como o autocarro, o metro, o táxi, o uber, o bolt e o kapten. Por outro lado, é um caos quando existe engarrafamento e eventos na cidade. O melhor nesses dias, e por experiência própria, é mesmo ir de metro.

Já no que diz respeito há estrutura do Aeroporto em si contém dois terminais.

O terminal 1, de onde parte os voos maioritariamente não low cost, e o terminal 2, de onde parte os voos low cost e ao qual só tens acesso se utilizares o transfere do aeroporto. Ou seja, não existe uma ligação física entre os terminais para que possas caminhar.

No que diz respeito aos utilitários do Aeroporto de Lisboa, na minha opinião, o terminal 2 é de todo muito fraco. Não falo propriamente em lojas para compras, porque pelo meu Instagram sabes que eu não sou adepta de shopping em lojas físicas. Mas de bens essenciais, como por exemplo, uma farmácia.

Continue Reading “Qual é a forma mais económica de viajar através do aeroporto de Lisboa?”
Coisas da Vida 0 comments on A adaptação à vida de Amesterdão

A adaptação à vida de Amesterdão

Será muito cedo para fazer um balanço da adaptação à vida de Amesterdão?

Esta é uma das perguntas que mais me fazem, para fazer um balanço de como está a ser a adaptação à vida de Amesterdão.

Primeiro de tudo esta é a minha primeira vez que moro fora de Portugal. No passado, vivi em várias cidades dentro de Portugal. Ou seja, o andar como se diz com as “tralhas às costas” nunca foi um problema.

Penso que tirando as burocracias, que acabam por ser sempre o mais demorado quando deixamos um país e vamos para o outro, não existe grande obstáculos há adaptação a um novo país.

Principalmente quando comparamos o nosso país com um país da Europa.

No que diz respeito às regras de circulação, horários de utilitários, língua e costumes é uma questão de um a dois meses para nos habituarmos.

O mais difícil não é a adaptação em si à vida de Amesterdão, mas o tempo que me sobra livre e como gerir as 48h de um fim de semana. Porque esse tempo é divido em ficar em Amesterdão ou nas viagens a Portugal. E quando falo nas viagens a Portugal é onde se torna mais complicado a adaptação.

“Estás cá e não me vieste ver?” “Estives-te cá e não combinamos nada?” “E não vens este fim de semana?” “Quando é que voltas a casa, o teu pai não está bem.” “Ó madrinha, quando vamos brincar?” 

Porque a minha familia e os meus amigos que estão em Portugal começam a sentir mais falta da minha presença.

Embora as férias sejam programadas a 100% para as idas a Portugal, estas são as perguntas, que para mim, são realmente os pontos que podem complicar uma adaptação a uma nova vida, porque eu dou muito valor à minha família e amigos.

As 48h não dão para muito. Entre sair de Amesterdão, aterrar no Porto. Sair do Porto para Lisboa e sair de Lisboa e aterrar em Amesterdão o tempo que dedicada a estas pessoas passou de semanas, dias a um par de horas e até minutos no café do Aeroporto.

Não me importo com o cansaço, não o sinto, é uma das coisas que também me perguntam muito, se eu estou em Portugal ou em Amesterdão, pelas quantidades de viagens que faço, e se não fico cansada.

Por fim, com o passar do tempo já consigo gerir melhor as suas expectativas e noto que não ficam com coração tão apertado.

Coisas da Vida 0 comments on Ao correr a baixas temperaturas notei grandes diferenças na recuperação

Ao correr a baixas temperaturas notei grandes diferenças na recuperação

No fim de semana passado corri a baixo de 10 graus 10km e notei diferenças na recuperação, senti-me mais cansada e com muito mais fome do que o normal.

Isto quer dizer que o meu corpo necessita de cuidados extra aos que eu não estava habituada quando corria em Portugal a temperaturas a rondar a casa dos 20 graus.

Continue Reading “Ao correr a baixas temperaturas notei grandes diferenças na recuperação”
Comida que Brilha 0 comments on Receita de batido de espinafre com banana e maça

Receita de batido de espinafre com banana e maça

Venho partilhar contigo a minha fonte de ferro natural. Trata-se de uma receita de um batido de espinafre com banana e maça. Eu sou muito defensora de comida real, e contra os suplementos desportivos. Acredito que tudo o que precisamos para uma prática normal está numa óptima alimentação. Numa variedade de produtos e claro em inovações como esta.

Continue Reading “Receita de batido de espinafre com banana e maça”
Coisas da Vida 0 comments on O que causa a gordura abdominal e como a eliminar

O que causa a gordura abdominal e como a eliminar

No início da semana partilhei contigo no meu instagramo meu aumento da gordura abdominal e venho te explicar o que causou a gordura abdominal e como a eliminar.

Se estás a passar pelo menos problema que eu, acredito que poderemos ter muitos aspetos em comum que estejamos a fazer de errado.

Continue Reading “O que causa a gordura abdominal e como a eliminar”
Coisas da Vida 0 comments on O que é ser uma mulher adulta?

O que é ser uma mulher adulta?

O que é ser uma mulher adulta? As respostas que mais saltitam da tua mente será pagar contas e ser mãe? Para mim vai muito para além disso.

Muitas pessoas consideram que se chega a mulher adulta quando se acaba a faculdade, ou se sai da casa dos país. Ou até quando se paga as suas contas e aluga-se o seu próprio espaço. Outra resposta é quando se é mãe.

Mas para mim nada disso é realmente ser uma mulher adulta.

Continue Reading “O que é ser uma mulher adulta?”
Coisas da Vida 0 comments on 5 Dicas de sobrevivência para quem vai para a faculdade de Aveiro

5 Dicas de sobrevivência para quem vai para a faculdade de Aveiro

Vou te dar as minhas 5 dicas de sobrevivência para quem vai para a faculdade de Aveiro. Principalmente, para quem vai fazer um curso de engenharia.

Ingressei na faculdade de Aveiro no ano 2005. Muito desde então já mudou, mas o espírito da cidade e do meu curso em específico, Engenharia de Eletrónica e Telecomunicações, permanece com a sua essência.

Continue Reading “5 Dicas de sobrevivência para quem vai para a faculdade de Aveiro”
Comida que Brilha 0 comments on O porquê de não deixar de comer carne?

O porquê de não deixar de comer carne?

Vou-te explicar a minha opinião e experiência pessoal do porquê de não deixar de comer carne.

Deixar de comer carne de uma forma radical pode levar a uma carência de ferro e vitamina B12 que são nutrientes mais difíceis de se obter numa dieta vegetariana se não for bem planeada.

A minha experiência de retirar carnes, e o extremismo de retirar as carnes vermelhas da minha alimentação por quase 2 anos levou-me a uma carência de ferro e vitamina B12. O que se traduziu num início de anemia.

Este acontecimento fez-me reflectir muito bem na seguinte questão “O que é uma alimentação saudável?”. Desde então, tenho desenvolvido os meus conhecimentos nesta área. O que me levou a concluir que devemos comer um pouco de tudo o que é natural e de forma variada. [A DGS têm um óptimo manual de alimentos a comprar de forma a comer bem e se poupar].

Já por sua vez a Direcção Geral de Saúde (DGD) recomenda o consumo de peixe e carnes magras que forneçam a mesma quantidade de proteínas que as carnes vermelhas. E que a carne vermelha deverá ser consumida de forma esporádica. Ou seja, que não deve ser retira definitivamente como o o fiz.

Uma pequena porção de carne é suficiente para fornecer quantidades apreciáveis de magnésio, ferro, potássio, zinco e vitaminas do complexo B que não existem em produtos de origem vegetal e que são essenciais ao desenvolvimento humano.

O mais importante não é o fundamentalismo de deixar de comer carne. É sobretudo alterar o modelo de alimentação de forma a que se consuma 2 a 3 refeições por semana de carne ou peixe e incorporar mais vegetais e leguminosas.

Continue Reading “O porquê de não deixar de comer carne?”
Coisas da Vida 0 comments on Uma nova fase do projecto The Stylish Beauty

Uma nova fase do projecto The Stylish Beauty

Olá malta, para quem é novo por cá eu sou Cláudia Mendonça e hoje começa uma nova fase do meu projecto The Stylish Beauty.

Inicialmente, o The Stylish Beauty começou com a ideia de ajudar as pessoas, que como eu, não sabiam se maquilhar nem comer de forma saudável e equilibrada.

Esta paixão de partilhar experiências começou na reta final do meu curso de engenharia em Aveiro, e desde aí cresci imenso como mulher.

Inegavelmente aprendi muito do que é ser adulta e como abraçar a vida profissional e pessoal.

E agora, eu sinto que o The Stylish Beauty atingiu uma nova fase.

Onde eu posso ajudar e inspirar outras pessoas através das minhas experiências e opiniões pessoais de uma mulher do século XXI. Que trabalha numa área muito técnica, rodeada pelo mundo dos negócios masculinos, e que não deixei nem por único minuto de ser muito feminina.

Será uma nova fase onde procuro de forma elegante e com estilo ser uma boa influência para ti, através da partilha de um conjunto de conteúdos e dicas que te permitem estar no teu melhor em áreas diversas como Lifestyle, Beauty, Welness & Intelectual Desire e poderes ter uma influência positiva no mundo.

Desta forma podes contar com a minha presença diária pelo Instagram onde estamos mais próximos.

Às segundas estarei presente no blog e aos sábados no canal de Youtube. Os que amam o Facebook também vão ter updates das minhas publicações através da página The Stylish Beauty.

Posso conto contigo?